Descoberta de princípios químicos ajudará na criação de vacinas sintéticas.
Cientista colombiano é consagrado por ter criado vacina contra a malária.

O cientista colombiano Manuel Elkin Patarroyo anunciou nesta segunda-feira a descoberta de princípios químicos que permitirão a criação de novas vacinas sintéticas. Com a nova tecnologia, espera-se que seja possível prevenir praticamente todas as doenças infecciosas do mundo. A revista científica norte-americana Chemical Reviews divulgou ontem o achado, fruto de mais de 30 anos de pesquisa

Trata-se de “um conjunto de princípios, de regras, que quando aplicadas permitem a produção de vacinas contra as diversas doenças que existem no mundo, assim poderemos cobrir praticamente as 517 doenças infecciosas existentes”, afirmou à Efe. Patarroyo já era conhecido anteriormente por ter criado a primeira vacina sintética contra a malária, na década de 1980.

Trabalhando com o protozoário causador da malária, os cientistas da Fundação Instituto de Imunologia da Colômbia focaram a pesquisa na estrutura química das proteínas ou moléculas usadas pelo microorganismo para se fixar às células que ele infecta.

A partir daí, criaram proteínas sintéticas capazes de aderir aos glóbulos vermelhos. Desta forma, o sistema imunológico passa a reconhecer o corpo estranho e se prontifica a destruí-lo caso se depare novamente com ele no futuro – grosso modo, este é o modo de funcionamento de qualquer vacina.

A vacina, chamada de COLFAVAC, apresentou eficiência acima de 90% nos testes com macacos. “Vamos começar os testes com humanos e estamos absolutamente certos de que teremos os mesmos resultados”, afirmou Patarroyo

Dentre as doenças que podem ser prevenidas a partir desta técnica, o cientista destaca a tuberculose, a dengue, o HPV, a hepatite C e a hanseníase.

Fonte: G1